Black Friday: 6 dicas para aumentar as vendas usando o WhatsApp

Quando o Whatsapp surgiu, lá em 2009, seu único objetivo era a troca de mensagens. O uso era comum entre amigos, familiares e pessoas próximas. Em pouco tempo o WhatsApp se tornou o aplicativo de troca de mensagens mais comum no Brasil, sendo utilizado por mais de 99 milhões de pessoas.

Na Black Friday, segunda melhor data de venda para o mercado varejista, atrás apenas do natal, o uso do WhatsApp como ferramenta de vendas pode ser uma excelente estratégia para alavancar os resultados. Para 2021, a tendência é que as vendas no digital estejam ainda mais aquecidas. 

Separamos 6 dicas para te ajudar a aumentar o número de vendas usando o WhatsApp. Leia o nosso post e se prepare para a Black Friday.

1. Use a ferramenta certa

Com a popularização do WhatsApp, empresas começaram a enxergar potencial na ferramenta e ela se tornou um canal de comunicação entre empresas e clientes. A demanda cresceu e o aplicativo precisou lançar versões específicas para negócios: o WhatsApp Business e o WhatsApp API.

Você já deve conhecer a versão Business, que oferece funcionalidades básicas, como mensagens automáticas e configurações de perfil, como catálogo do horário de funcionamento. Neste post, vamos focar no WhatsApp API.

Mas o que é o WhatsApp API?

O WhatsApp API é uma solução mais avançada e completa de utilização do aplicativo. Ele funciona como uma solução pensada para empresas que têm um fluxo alto de atendimento, otimizando a conversa com o cliente e evitando problemas comuns em versões mais simples ou ou ainda a versão tradicional que as pessoas físicas têm.

Vantagens de utilizar o WhatsApp API:
  • Vários usuários atendendo
  • Integração com outras plataformas
  • Base de clientes organizada
  • Segurança para o seu número
  • Indicadores de atendimento

2. Crie uma campanha específica para o WhatsApp

Uma dica básica para ter sucesso em campanhas de marketing é desenvolver uma estratégia específica para cada canal. Crie uma comunicação pensada no WhatsApp – da identidade visual ao tom de voz.

Cronograma de mensagens

Os clientes estão em diferentes fases de compra, entenda a jornada que ele percorre e elabore um calendário que seja focado em levá-lo até a compra. Use o Funil de vendas para entender mais sobre esse processo. 

Marketing de conteúdo

Uma excelente forma para desenvolver uma comunicação clara com o cliente é investir em marketing de conteúdo. Com essa estratégia, sua empresa expõe conteúdos relevantes, que fazem parte da jornada do cliente e ajudam o lead a entender o produto da sua empresa e como ele pode ajudá-lo. Invista em materiais informativos: e-books, vídeos, posts etc.

Com uma estratégia de marketing de conteúdo, é possível atrair o público certo para a sua empresa. Um cliente que baixou um e-book sobre relacionamento digital, provavelmente está preparado para ouvir a sua solução. Envie o conteúdo com links corretos, seguros e com chamadas atrativas.

3. Treine a sua equipe

Estruture o seu time para a Black Friday! O fluxo de venda aumenta e os gatilhos de compra precisam ser mais agressivos. Antes de iniciar a campanha, faça workshops com a equipe. Reforce técnicas de venda; urgência, escassez, autoridade, garantia, prova social etc. Uma boa opção é deixar uma equipe focada no atendimento pelo WhatsApp.

Apresente as ofertas

Sua equipe precisa conhecer muito bem as ofertas e produtos que você vai ofertar. Faça a apresentação da campanha de Black Friday com antecedência, explicando cada detalhe. Colha feedbacks e deixe o seu time à vontade para opinar. Nesse momento, aproveite para instigar a equipe a questionar a logística da campanha, isso pode te ajudar a se antecipar aos problemas.

FAQ

Separe as perguntas mais frequentes sobre a oferta. Para começar, pense nas dúvidas comuns da sua operação, priorize questões sobre pagamento, entrega ou implantação. Use técnicas de copywriting, seja objetivo e tente não criar respostas muito longas. Por mais que o envio de áudio proporcione uma sensação de proximidade com o cliente, procure enviar textos. São mais simples para o cliente. Mas, se realmente optar por áudios, não passe de 20 segundos.

4. Use materiais de apoio

Ter materiais de apoio é uma forma de agilizar o seu atendimento. Catalogue os seus produtos e crie definições para cada um deles. Por exemplo, se você tem uma loja de roupas, crie um portfólio de todas as peças que estarão disponíveis na Black Friday, com detalhes importantes; cores, tamanhos, tecido etc. Isso vai facilitar muito na hora da negociação.

Use o catálogo e o perfil do WhatsApp

Disponibilize o máximo de informações no perfil; horário de funcionamento, endereço, link para site, foto/logo e nome da loja. Inclua o catálogo, que pode ser um documento de imagem, como uma espécie de “cardápio” da sua empresa.

Anuncie nos status

Dependendo do seu segmento, anunciar nos status pode trazer engajamento e vendas. Não esqueça de disponibilizar um link que leve direto para o seu espaço de compra. Invista em conteúdo de qualidade para os status.

5. Tenha estabilidade

Vamos destacar um ponto muito importante: estabilidade. No caso da Black Friday, é um momento em que os seus canais de comunicação estão congestionados. Por isso, garanta que eles funcionem com o máximo de eficiência possível. Isso inclui o WhatsApp.

Prevenção a bloqueios e instabilidade

Trabalhar com o Whatsapp exige boas práticas e cuidados para não sofrer algum dano por parte do próprio aplicativo, inviabilizando a sua operação. Por exemplo: a versão API do whatsapp não permite envio de mensagens em massa. Caso você pratique isso, pode ser considerado SPAM, ter seu número bloqueado ou mesmo perder o seu número definitivamente. 

Dica: use a versão API e seja homologado! Esteja dentro das normas da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). A LGPD está em vigor desde 2020 e, quando não obedecida, traz prejuízos significativos para a empresa – financeiros e judiciais. Qualquer ação realizada precisa respeitar as normas estabelecidas na lei.

Vários usuários em um único número

Para empresas de pequeno porte o WhatsApp oferece a opção Business, que possui algumas funcionalidades comerciais, mas que só podem ser utilizadas por até 4 usuários. Se a sua empresa chegou em um nível em que essa quantidade de pessoas no atendimento não é suficiente, chegou a hora de fazer um upgrade. 

O WhatsApp API oferece a possibilidade de mais de um usuário simultâneo e melhorias em várias funcionalidades comerciais; criar chatbots, enviar notificações, realizar integrações e automatizações com outras plataformas, tornando o atendimento mais ágil e eficiente. Imagine se você tem mais de um atendente, como deve ser dividir o celular ou o computador na hora dos atendimentos. Não dá, né?

6. Agilidade no atendimento

Quando uma empresa começa a crescer, é natural que surja a necessidade de automatizar processos. Quando falamos em atendimento, a automatização é ainda mais importante, porque os benefícios da implementação de processos mais inteligentes podem ser o seu diferencial competitivo, 61 % dos consumidores afirmam que ser bem atendido é mais importante do que o preço ou a qualidade dos produtos.

Use chatbots

Uma das opções mais conhecidas para automatização de atendimento é a implementação de chatbots. Um chatbot é um software criado para desenvolver uma conversa com uma pessoa, simulando uma interação com um ser humano. Isso pode ser feito por meio de aplicativos ou plataformas. É uma maneira de otimizar tarefas e disponibilizar serviços e informações com mais agilidade. 

Com o uso de chatbots, é possível criar fluxos de atendimento que são capazes de otimizar o tempo da sua empresa, escalando atividades padronizadas. Neste post, te damos dicas de como criar um chatbot do zero.

Use Inteligência Artificial

A inovação é um dos nossos pilares, procuramos desenvolver soluções que acompanhem as mudanças no mercado de tecnologia, como o uso de Inteligência Artificial. A IA (Inteligência Artificial) é uma solução de automação em relações, ela é mais complexa, requer algoritmos bem trabalhados e precisa ser treinada para ter um funcionamento eficiente. 

Aqui na Tallos nós temos 2 exemplos de utilização de IA na nossa aba de dashboards: 

Análise de emoções

Quando um cliente está na fila para atendimento e já sinalizou para a empresa qual é o seu problema, a nossa IA é capaz de entender o “sentimento” dele ainda na fila. É criada uma nuvem de palavras e com isso você pode priorizar clientes que estão com um alto índice de insatisfação. Essa nuvem permanece durante todo o atendimento.

Vamos supor que temos dois clientes: Jéssica e Alex, ambos estão na fila para atendimento, ao lado de vários outros clientes. Visualize as seguintes mensagens:

Cliente Alex:

Olá, minha encomenda ainda não chegou, preciso resolver isso! Essa situação é péssima. 

Cliente Jéssica:

Olá, gostaria de saber quais as formas de pagamento. 

A nossa IA consegue te dizer que o caso do Alex é mais urgente do que o da Jéssica e, por isso, é possível priorizá-lo. Com um atendimento ágil, você pode evitar cancelamentos ou desgaste do cliente. É uma ótima opção para o seu time de retenção. 

Além disso, a nuvem de palavras também é alimentada durante a conversa – em tempo real. A cada frase enviada, a IA vai sinalizar como o cliente está se sentindo e ao final do atendimento você terá um dashboard com as palavras mais recorrentes ao longo do atendimento.

Conheça a Tallos

A Tallos oferece uma plataforma de atendimento digital focada em melhorar a experiência do seu time de atendimento e do seu cliente. Conosco, é possível entender toda a jornada do seu cliente. Tenha um atendimento mais ágil, inteligente e capaz de encantar os clientes.

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima

O que você está procurando?