8 ferramentas para startups para fazer o negócio decolar 1

Investir nesse modelo de negócio pode até representar a entrada numa empreitada cheia de incertezas e desafios, embora o investimento certo nas ferramentas para startups possa minimizar os riscos. De um bloco de anotações às simples planilhas on-line, o que importa é funcionar.

Mesmo assim, com a concorrência cada vez mais tecnológica e automatizada, alguns processos demandam planejamento e muita automação nos serviços e métodos. Para saber mais sobre o tema, vamos indicar algumas alternativas de soluções e serviços.

Com isso, você poderá gerenciar melhor e produzir mais, além de fazer seu produto crescer mais rápido e estruturar suas vendas e seu marketing. Afinal, para se destacar num mercado cada vez mais competitivo, vencer é sinônimo de apostar nas ferramentas para startups que funcionam.

Crescendo com as ferramentas para startups

Muito mais que flexibilidade, ferramentas modernas trazem crescimento acelerado e espírito inovador. Ou seja, é andando com uma própria dinâmica que as startups despontam em nosso mercado, apresentando um modelo de negócio bem-sucedido.

Mesmo assim, esse cenário atual revela duas realidades diferentes. Se por um lado há um crescimento significativo do setor, por outro temos um ambiente adverso para empreendedorismo.

Embora o número de startups tenha dobrado nos últimos seis anos e a receita já atinja os bilhões de reais, nossos números são fracos. Ainda mais em comparação ao cenário europeu e estadunidense. Ainda assim, existe um volume crescente de profissionais qualificados – e dispostos a empreender – e capital necessário para novos investimentos.

Além da necessidade das ferramentas para startups, uma forte característica desse tipo de empresa é o know-how técnico dos fundadores. Até porque, na maioria, os investidores são graduados em áreas como as de engenharia, TI, química, física e até biotecnologia.

A partir desse perfil, o foco fica voltado mais para o desenvolvimento de novos produtos e atração de novos clientes. Sem contar que o interesse na valorização do ato de empreender ainda deixa as empresas em contato direto com a necessidade de cada cliente. Sendo assim, listamos algumas alternativas em ferramentas para startups do mercado. Veja a seguir!

Decolando com as ferramentas para startups

Mesmo que sua empresa não atue na área de tecnologia, você ainda precisa investir em ferramentas para startups. Ou seja, hoje em dia é preciso tirar as melhores vantagens oferecidas pelo mercado.

Como resultado, essas empresas podem crescer rapidamente e manter os custos mais enxutos. Sem falar que ainda é possível reduzir o número de processos manuais, aumentar a produtividade, economizar na aquisição de novas ferramentas e nas contratações.

Confira abaixo algumas dessas tecnologias para você ganhar mais em benefícios e em competitividade dentro do mercado. Adicionalmente, você também vai otimizar as rotinas de marketing, contabilidade, finanças e demais setores da sua empresa.

8 ferramentas para startups para fazer o negócio decolar 2

O chatbot entre as ferramentas para startups

Você até deve conhecer os chatbots por meio de robôs de mensageiros. Mas saiba que essa tecnologia ajuda a facilitar as rotinas dentro da sua startup. Isso porque eles apresentam funcionalidades diversas no ambiente corporativo.

Uma das grandes ferramentas para startups, os chamados bots estão muito presentes em versões móveis ainda mais por meio de aplicativos. Confira abaixo como é o funcionamento de um chatbot e suas melhores vantagens para a sua startup.

Funil de vendas em ferramentas para startups

Para começar, um bot pode ser empregado para o envio de informações da empresa, como imagens e até dados de produtos. Ou seja, eles são uma das ferramentas para startups mais úteis, aprimorando resultados e o acesso a informações.

Por atuarem de modo virtual, esses chatbots podem se integrar a sistemas para detectar qual a etapa do funil de vendas em que seu cliente está. Assim, fica maior a chance de movimentá-lo. Ou seja, a partir de informações como imagens, PDFs e dados de produtos à mão, a negociação ganha mais força de fechamento.

Qualificação de leads pelas ferramentas para startups

Para você entender o conceito de leads, saiba que essa palavra remete aos consumidores em potencial que estão com interesse no seu serviço ou produto. A partir de então, elas fazem parte de um cadastro para interação via e-mail. Em linhas gerais, o lead é o pote de ouro quando o assunto é uma empresa de atuação virtual.

De forma a qualificar esses leads, antes de tudo era preciso a união de uma equipe com alto nível de conhecimento na área de marketing digital. Entretanto, com a chegada dos chatbots, as coisas ficaram diferentes. Isso porque eles têm mais facilidade em selecionar leads por meio dos conteúdos específicos em cada etapa do funil.

Suporte ao cliente

Para você aliviar seu setor de atendimento ao cliente, acerte com essa ferramenta. Afinal, seria ótimo ter robôs programados para responder quaisquer perguntas, a qualquer hora da semana, apenas com respostas dentro de parâmetros. Com o chatbot é assim.

Você programa a tarefa que quer, ele executa. Sem falar que, hoje em dia, são rotineiros os problemas no setor de suporte e atendimento a clientes, pois muitos ficam infelizes e com muito mais reclamações. Ou seja, os chatbots são especialistas na resolução de problemas rapidamente. E, é, claro, eles aprendem com o tempo e com as interações.

O e-mail marketing

Aqui também há a utilização do chatbot. Isso porque a taxa de abertura dos e-mails por bots chega a superar 50%. Por outro lado, o e-mail marketing mais clássico chega a apenas 20%. Sem contar que eles trabalham todos os dias e apresentam alta precisão.

Uma das ferramentas para startups mais ágeis de resposta, aqui os bots significam rapidez e fluidez dentro de setores de marketing das empresas. Isso também denota maior aprimoramento em todos os principais focos de negociação.

8 ferramentas para startups para fazer o negócio decolar 3

Business Model Canvas

Dentro da gestão empresarial, este é uma das melhores ferramentas para startups ao definir modelos de negócios. Ou seja, o Business Model Canvas atua como um diagrama, atuando como um grupo de pessoas altamente eficazes.

E isso permite uma visualização fácil e rápida a partir do preenchimento dos quadros relacionados a determinados critérios. Dessa forma, a organização pode ser feita em blocos, compondo quesitos como:

  • Relacionamento com clientes;
  • Segmentos de clientes;
  • Fontes de receita;
  • Canais de vendas;
  • Atividade-chave;
  • Recurso-chave;
  • Estrutura de custos;
  • Proposta de valor;
  • Parcerias.

A partir dessa listagem, basta que você insira as informações e manuseie os dados. De outra forma, caso seja exigido, você também pode abrir quadros nos blocos. Tudo para detalhar os quesitos e definir qual o modelo de negócio ideal, mesmo que existam dois ou mais canais de vendas.

O interessante entre as ferramentas para startups é que o Business Model Canvas pode ser criado a partir do zero. Entretanto, ele ainda pode ser baixado como template via internet e até preenchido por aplicativo, apresentando o diagrama pronto.

Ferramentas para startups e a automação do marketing

Visando a aquisição de novos clientes e possíveis escalabilidades, você pode deixar de elevar custos do mesmo modo que em que cada utilitário de automação de venda é vital. Entretanto, a questão não é apenas automatizar suas postagens e usar e-mail marketing.

Aqui, a meta é aprimorar seu atendimento, automatizar todas as ações de relacionamento, fechamento de vendas e prospecção de uma maneira personalizada, empregando ferramentas próprias. Uma dica nossa é você apostar em softwares que já possuem a funcionalidade própria para relacionamentos, a geração de contatos e até fechamento de vendas, como:

  • Criação de listas;
  • Campos e formulários e personalizados;
  • E-mail marketing;
  • Método de automação entre as mudanças de status de cada contato, de movimentação entre listas a demais atividades relacionadas à gestão dos clientes;
  • Páginas de conversão;
  • Fluxos de nutrição, com o propósito de ativar qualquer relacionamento automático com os contatos;
  • Lead scoring, classificando contatos em relação a relacionamentos com a empresa e seus interesses, visando destacar oportunidades certas para ações em lote.

O ERP, ou Enterprise Resource Planning

Sistema de gestão empresarial que apresenta todas os dados sobre a empresa, o ERP ainda pode ser integrado a demais utilitários. Ou seja, você pode apostar até mesmo num emissor de notas fiscais caso a função adicional estiver ausente.

Com isso, numa única central de informação, você pode emitir relatórios, realizar tarefas administrativas e gerenciais, analisando o setor financeiro de forma mais barata e rápida por menus e demais opções.

Pela sua ação completa, ainda mais quando relacionado a funções do setor administrativo, sua função cobre a ausência de pessoas. Ou seja, sua presença dispensa até mesmo integrações com ferramentas terceirizadas e a aquisição de tecnologias externas.

Asana

Na questão da gestão e monitoramento de projetos, está é umas das melhores ferramentas para startups. Com o Asana, ao criar um projeto em computadores ou dispositivos móveis, toda a equipe envolvida recebe convites e alertas. Sem contar que você poder cadastrar tarefas, acompanhá-las e conferir os status.

Com grande diferencial, a plataforma apresenta a possibilidade de você poder cadastrar outros níveis de projetos. Mesmo que sejam mais complexos, ainda é fácil anotar os responsáveis e quais suas tarefas atribuídas.

Outro ponto importante do Asana é que ele tem calendário próprio, que cria uma linha do tempo definindo os processos da execução em andamento. Isso sem falar da função de conversação. Tudo pode ser feito dentro do software, evitando o emprego de ferramentas de terceiros e a migração para demais aplicativos.

8 ferramentas para startups para fazer o negócio decolar 4

Bkper

Outra dica relacionada à gestão financeira e contábil, este recurso é uma das ferramentas para startups mais inovadoras que existem. Isso porque ele ainda tem ampla utilidade nas questões de escrituração dentro da área contábil.

Como pontos fortes, esse software faz lançamentos de partidas dobradas, que costumam ser padrão, terem melhor entendimento e visualização para seus empreendedores. Chega a ser simples e usual como os tradicionais e antigos registros de caixa.

Mas o grande diferencial do Bkper, quando comparado a demais ferramentas para startups, é a sua integração simples e fácil a produtos como as planilhas do Google. Ou seja, uma anotação presente via Google Sheets pode virar um lançamento oficial sobre a contabilidade da sua empresa.

Atuando em tempo real, ele ainda acompanha as movimentações como um contador profissional. Ou seja, ele trabalha com a mesma eficiência humana, mas sem precisar de graduação em contabilidade.

No caso da emissão dos relatórios, essa linha de ferramentas para startups pode ser customizada via menu. Para isso, tem visual intuitivo e emite dados no formato que você preferir, como Excel e gráficos diversos.

Pluga

Excelente para a integração, essa ferramenta é uma das mais eficazes e modernas, visando apenas a integração entre softwares diversos. Com isso, você pode evitar que colaboradores utilizem, armazenem e analisem dados de aplicativos diferentes sem perder tempo e dinheiro.

E aqui tudo é muito rápido, em apenas alguns cliques. Como exemplos que envolvem produtos Google, um card pode ser criado pelo aplicativo a partir de ações como:

  • Receber respostas via formulários Google Forms;
  • Receber e-mail via Gmail com classificações;
  • Criar linhas em planilhas Google.

Embora esses resultados sejam mais simples, ainda existem outros complexos e que podem aumentar o nível de produtividade. Assim, como exemplo, citamos os registros automáticos ou as automações relacionadas ao marketing de resposta recebida por meio de anúncios com formulário.

Entretanto, para conseguir isso, é preciso criar novos contatos e até fazer a atualização de registros. Isso se ele já existir assim que o cliente em potencial completar todo o formulário.

Iugu

Em relação à gestão de recebíveis, essa é uma das ferramentas para startups que automatizam cobranças. Sem contar que ela ainda apresenta recursos para facilitar a escalada das atividades da sua empresa.

No caso de boletos e cobranças, cada fatura pode ser programada para cerca de doze meses. Dessa forma, cada cliente que assina contrato acaba assumindo um método de fidelidade a partir do programa de quitação mensal fixa. Em relação às cobranças usando cartões de crédito, esse aplicativo faz com que dados de cliente fiquem armazenados.

Com isso, além de gerar pagamentos e novas compras com um clique, ainda apresenta bloqueio de redirecionamentos sobre cada pagamento e tem alta segurança.

Para fechar nossas dicas sobre ferramentas para startups, esse utilitário ainda pode enviar, aos clientes, relatórios, análises, métricas e e-mails de alerta.

Leia também:

Sem Comentários

    Deixe um Comentário